Blog

COM ART EXPOSITORES

6 Dicas para Organizar as Gôndolas da sua Loja de Conveniência

6 Dicas para Organizar as Gôndolas da sua Loja de Conveniência

6 Dicas para Organizar as Gôndolas da sua Loja de Conveniência

  • 10/03/2019
  • Por Comunicação

Você sabia que 80% das decisões de compra são feitas já no ponto de venda da Loja de Conveniência?

Então, por que usar a gôndola somente para expor os seus produtos de qualquer jeito, se ela pode informar, trazer soluções, facilitar a decisão de compra, auxiliar a gestão de estoque e gerar muito mais lucro para sua empresa?

1- Exposição de Produtos
Em uma Loja de Conveniência a posição de cada item nas gôndolas e um ambiente planejado auxilia o consumidor a encontrar o produto com muito mais facilidade e estimula a comprar mais.

Os produtos não devem ser expostos de modo aleatório. Estudos comprovam que as mercadorias bem organizadas e de forma correta, traz muitos benefícios ao estabelecimento e ao cliente.

2- Perfil dos Clientes
O consumidor de hoje em dia é cada vez mais consciente sobre os processos de consumo, por ser criado no universo da televisão e pela publicidade.

Por isso, as atitudes do cliente são cada vez mais pensadas, desconfiadas e reflexivas, o que resulta na infidelidade, por ser sempre abertos a mudanças, a descobrir e experimentar novidades.

A facilidade de mobilidade do consumidor atual é tamanha, está sempre em busca de novas sensações, experiências, inovações.

Para conquistar o cliente atual a empresa deve estar focada em conhecer o perfil do consumidor e distinguir o seu valor percebido. Ofertas atraem, mas não é só o valor do produto que importa, bem como o atendimento, ausência de serviço, de produtos, de marcas, layout diferente, entre outros.

3- Fatores Importantes na Organização
A Loja de Conveniência deve seguir esses fatores importantes para a organização adequada da loja:
Limpeza:
Os clientes são atraídos por ambientes limpos e organizados, todas as áreas como geladeiras, vitrines, piso, gôndolas e paredes devem estar impecáveis.

4- Produtos, Setorização e sua Lucratividade
Como foi dito anteriormente, é de suma importância o estudo dos produtos a serem vendidos na loja de conveniência, definir qual a sua importância, seu preço, sua procura, ou seja, se é de conveniência, de rotina, sazonal, ocasional ou de destino.

5- Planejamento do Ponto de Venda
Deve ser feito um planejamento para ter eficiência no ponto de venda, o planograma foi feito para isso.

O plano de gôndolas, ou planograma, é feito para ensinar estrategicamente como a gôndola deve ser organizada de uma maneira inteligente e eficiente, para todos os tipos e portes de empreendimentos.

Por isso, antes de tudo, estude todas as categorias que estão presentes no estabelecimento, calcule a lucratividade de cada um, estrutura, preço, vendas e giro de estoque.

6- Planograma: O manual para a Exposição Perfeita dos Produtos
A técnica de merchandising e vendas para dar certo depende de um planograma, ou plano de gôndola, que tem como objetivo estimular as vendas e evidenciar as marcas dos produtos vendidos.

Esse objetivo é alcançado a partir de como os consumidores veem os produtos e se comportam a partir da disposição estratégica da Loja de Conveniência.

FONTE E MAIS INFORMAÇÕES: Zanotti Refrigeração